Por que fazer um ensaio sensual? Dez motivos.

por Adriano Abbud

 

1. (Re-) Descobrir a sensualidade

Em alguns casos, como pudemos observar ao longo dos anos, as mulheres sentem a necessidade de resgatar a sensualidade deixada de lado pelo  caminho que trilharam, seja por falta de tempo, foco em outras coisas, vergonha ou insegurança, e um ensaio sensual pode ser uma ferramenta de autoconhecimento e empoderamento para elas, pois nesse tipo de fotografia a singularidade de cada mulher deve ser valorizada, não importando os padrões impostos pela sociedade.

2. Eternizar um momento

A beleza de uma mulher não pode ser vista apenas em um momento de sua vida, e sim ao longo dela toda, ganhando sempre novos contornos. Apesar disso, é natural que muitas clientes queiram marcar, através de um ensaio fotográfico, o que consideram um momento único ou o que pensam ser o auge.

3. Autoestima

A realização de um ensaio sensual pode ser utilizada como um auxiliar na autoestima. Muitas clientes nos procuram com esse intuito e o resultado tende a ser ótimo. Às vezes as mulheres, mesmo não se sentindo bem com seu corpo, olham o resultado da sessão fotográfica e percebem que o olhar do fotógrafo revela uma beleza que não costumam enxergar no dia a dia.

4. Destacar o que a agrada

Ensaios sensuais são normalmente realizados com o intuito de destacar o que a mulher mais gosta em sim mesma, e por isso os bons fotógrafos sempre conversam com suas modelos, para conhecê-las e entender as características que mais as agradam, visando mostrar isso no resultado a ser entregue à cliente.

5. Celebrar uma nova etapa

Seja para marcar que chegaram a uma certa idade, que engravidaram e querem registrar o momento antes ou depois da gestação ou qualquer outra grande mudança em sua vida, o ensaio sensual é um caminho delicado para essa celebração.

6. Passar por uma experiência diferente  e personalizada

Fazer um ensaio sensual é uma coisa bem distante do convencional, e a maioria das clientes, por não ser modelo profissional, merecem viver este momento uma vez na vida, podendo ser uma experiência inesquecível  e bastante intensa.

7. Ter uma visão diferente de si mesma

Posar em um ensaio fotográfico sensual é um com caminho para se enxergar de maneira diferente, afinal, pode-se usar roupas bem diversas daquelas do dia a dia e maquiar-se ousadamente e, na entrega das fotos, ver-se nas fotos em poses dirigidas que nem imaginaria fazer.

8. Promover a própria imagem nas redes

É inegável que fotografias bem feitas com boa direção, luz e  tratamento digital chamam mais a atenção nas redes sociais do que imagens amadoras. Para quem trabalha com sua própria imagem, como é o caso de modelos, promotoras de eventos, atrizes e outras profissionais, um ensaio sensual bem realizado pode trazer uma boa visibilidade.

9. Presentear alguém

Seja para o(a) namorado(a) , noivo(a), esposo(a) ou qualquer outra pessoa que se tenha intimidade, receber de presente um lindo ensaio sensual no qual a protagonista é a pessoa amada pode ser emocionante e trazer muita felicidade e mais intimidade ainda.

10. Reafirmar a própria beleza

Muitas mulheres são bastante seguras de sua beleza, sentem-se lindas e sensuais, então por que não reafirmar isso através de um lindo ensaio, onde podem se desprender ainda mais e mostrar o quanto estão bem consigo mesmas?

O que levar para um ensaio fotográfico?

 

Somos sempre consultados  sobre “o que levar, vestir, usar e calçar” em nossos ensaios, então resolvermos fazer um texto relacionado às vestimentas e acessórios para ajudar a esclarecer diversas dúvidas de clientes, mas lembre-se: conversar com o profissional que vai fazer o ensaio é o melhor caminho para o sucesso da produção!

Roupas

O ideal é que a modelo leve suas próprias roupas pois, com elas, além de se sentir mais confortável (afinal, como toda mulher, já deve tê-las provado MUITAS vezes!), não se corre o risco de utilizar vestuário que não caia bem ou não combine com a pessoa, o que poderia estragar um ensaio maravilhoso.

O ideal quando não se tem um estilo específico em mente (e até quando se sabe exatamente como serão as fotos, porque a improvisação pode resultar em imagens maravilhosas!), é levar uma variedade grande de roupas.

Regra de ouro: É melhor ter bastante coisa a mão e não usar tudo do que se arrepender por não ter levado algo!

 

Estilos de roupas

O melhor são roupas de cor sólida, sem bolinhas, sem estampas selvagens e sem listras ou desenhos grandes. Roupas deste tipo tendem a distrair o espectador, tirar a atenção do que é mais importante nas fotos, a modelo.

Estilos de roupas recomendadas incluem: shorts, tops de vários modelos, mini-vestidos, mini-saias, roupas esportivas, lingerie e roupas de banho. Os calçados, é claro, devem combinar com o vestuário.

 

Objetos, acessórios e adereços

Quais são os objetos exatamente? São os itens que podem ajudar as suas fotos, que têm o potencial de dar-lhes um impacto extra. Pode ser qualquer coisa, uma bengala ou um guarda-chuva, uma máscara, uma lupa, um tapete peludo, um carro antigo, uma moto esportiva ou lençóis de cetim para uma sessão de glamour. Converse sempre com o fotógrafo para saber o que ficaria bom!

Os clientes que fornecem seus próprios adereços tendem a trazer coisas que têm um significado muito maior do que aquilo que o fotógrafo poderia proporcionar.

 

Se as fotos forem no estilo sensual ou boudoir

Se você pretende fazer fotos sensuais, fotos de lingerie, ou qualquer outro tipo de fotos que tenham um ar mais íntimo, pense em itens que podem ajudar a reforçar o estilo que você está buscando. Esses itens podem ser usados para ajudar a decorar o cenário.

Outros itens a considerar incluem edredons, almofadas, lençóis, cortinas e qualquer outra coisa você acha que poderia ajudar a criar o estilo pretendido. Se você tiver alguma idéia  e quiser saber se deve levar algo, não deixe de perguntar.

 

Acessórios para mudar a aparência

Mudar a sua aparência durante uma sessão fotográfica irá ajudar a evitar que as fotos pareçam que foram feitas todas no mesmo dia, então laços, tiaras e presilhas para cabelo são ótimos para mudar o penteado! Além disso podemos utilizar ainda óculos, chapéus, jóias etc.

 

Como levar suas coisas

Para começar, nada de sacolinhas! O ideal é utilizar uma pequena mala, onde as roupas não ficarão amassadas! Garantimos que um amassadinho vira um AMASSADÃO nas fotos! Podem ser utilizados cabides para as roupas mais sensíveis às dobras.

 

Itens adicionais a considerar

Dependendo do estilo das fotos, você pode considerar levar roupa de baixo cor da pele. Isso permitirá que você use alguns itens de seu vestuário sem chamar a atenção para a lingerie.

Também é uma boa idéia levar algo para beber, como garrafas de água, suco ou repositores hidroeletrolíticos, especialmente se você estiver fotografando ao ar livre.

Dependendo da duração do seu ensaio fotográfico, você pode trazer uma refeição leve e/ou um lanche. Frutas são preferíveis aos doces e irão fornecer energia para continuar fotografando. Evite comer/trazer qualquer coisa que possa manchar os dentes. Isso inclui itens achocolatados. Tal como acontece com as roupas, traga mais do que você acha que vai precisar.

Lembre-se de usar para ir ao ensaio a roupa mais confortável possível e que produza a menor quantidade possível de marcas na pele. Não existe coisa que mais atrapalha numa linda foto do que a marca de um soutien que apertou no ombro!

10 Dicas para Contratar um Fotógrafo de Casamento

1. Nível de importância da fotografia

É isso mesmo. Vocês precisam saber o quanto a fotografia representa para vocês. Alguns casais querem apenas um registro simples do momento, enquanto outros querem que esse dia tão especial seja eternizado através das mais lindas imagens possíveis. Dêem uma pesquisada no trabalho de grandes fotógrafos e vejam como um bom profissional de casamento consegue captar as emoções mais fantásticas do evento, para daí decidir qual importância tem a fotografia para vocês.

2. Escolha um estilo

Antes de qualquer tipo de decisão relativa à fotografia do seu casamento, determinem qual é o seu gênero de fotografia. Basicamente existem três tipos de fotografia, sendo cada fotógrafo mais ou menos especializado num dos tipos: 1) os fotógrafos tradicionais de casamento; 2) os fotógrafos especialistas em fotojornalismo; e 3) os que misturam ambos os estilos. Se gostam de fotografias com movimento e mais espontâneas, então o seu fotógrafo inclina-se para um fotojornalista. Se preferem o retrato tradicional, com mais pose e menos espontâneo, então o seu fotógrafo será um fotógrafo tradicional de casamento. Se preferem uma mistura dos dois, então devem tentar encontrar um fotógrafo que faça a mistura.

 

3. Custo-benefício

Mesmo que vocês tenham um orçamento altíssimo para o dia do evento, ninguém quer jogar dinheiro fora, certo? Avaliem quanto vocês estão gastando ao todo com o casamento, e qual percentual de investimento representa o fotógrafo. Se vocês gostaram bastante do fotógrafo, é melhor investir nele do que pagar mais barato em outro que não gostaram tanto. Tentem ajustar os gastos para conseguir fechar com o profissional que os encantou. O benefício será muito melhor e o custo percebido com certeza será menor.

 

4 Procure conhecer o fotógrafo

Ser um fotógrafo de casamento exige muito profissionalismo, mas infelizmente vemos casos de pessoas que agem de má fé e deixam o cliente na mão no dia do casamento, sejam elas fotógrafos, buffets, empresas de decoração, DJs etc. Também é muito importante ter empatia. É um dia muito íntimo e especial. É preciso ficar à vontade e confortável com as pessoas que os acompanharão do início ao fim deste grande dia. Para evitar qualquer problema, quanto mais vocês conhecerem a procedência, mais tranquilo será contratar um fotógrafo de casamento. Quando encontrarem um profissional que vocês tenham gostado, analisem seu portfólio com muita cautela e coloquem na balança os preços, lembrando que às vezes o barato pode sair mais caro. Entrem em seu site, redes sociais, mandem e-mail, peçam referências e conversem pessoalmente. Enfim, façam de tudo para estreitar o relacionamento com o profissional.

 

5. Tenham certeza do que estão fazendo para não contratar um fotógrafo de casamento aventureiro

Infelizmente algumas pessoas pensam que basta comprar uma câmera, criar um site e sair por aí fotografando. Tome muito cuidado com os aventureiros. Vocês precisam de alguém capacitado, dedicado e muito bem inteirado das últimas novidades e tecnologias. Os aventureiros geralmente vão te entregar um produto final desatualizado e de má qualidade.

 

6. Jamais escolham um fotógrafo por apenas gostar de um álbum de casamento que ele apresentar

Lembrem-se que o impresso é apenas um “a mais”, já que, com a fotografia digital, muitos profissionais entregam as fotos tiradas em DVD, então vocês devem avaliar a maior quantidade de fotos possíveis antes de fechar contrato. A maioria dos profissionais divulgam seu trabalho nos próprios sites ou páginas do Facebook. Uma dica importante é fazer um ensaio pré-wedding com o profissional. É um investimento que poderá lhes mostrar como é o comportamento e o resultado final do trabalho do fotógrafo.

 

7. O que tem no pacote?

Para que vocês não tenham nenhuma surpresa depois de contratar um fotógrafo de casamento, entendam exatamente qual o trabalho que será realizado e quanto vocês estão pagando por isso. O fotógrafo irá trabalhar durante quantas horas no evento? No pacote constam as fotos externas, making of do noivo e da noiva, características do álbum de casamento, entre outras coisas? Há um limite de fotos? Muitos fotógrafos fazem “pegadinhas”, limitam a quantidade de imagens a serem entregues e depois cobram fortunas por fotos extras (justamente aquelas que vocês vão querer!). Um bom profissional os deixará muito bem informados sobre tudo isso e vai tirar todas suas dúvidas sobre cada ponto sem pestanejar!

 

8. Subcontratação de fotógrafo

Confirmem se vai ser o próprio fotógrafo a fazer as fotografias, ou se irá subcontratar um outro. A sensibilidade de cada pessoa varia de acordo com a sua personalidade, e embora lhe possam garantir que as fotografias serão do mesmo gênero, a verdade é que o trabalho de um artista nunca é igual ao do outro, por mais que usem as mesmas técnicas e contextos. Perguntem também se, no caso do fotógrafo principal não puder comparecer por qualquer razão, quem o irá substituir, e peçam para conhecer o seu trabalho.

 

9. Procure profissionais diferentes para filmagem

O trabalho de filmagem é diferente do de fotografia. É claro que muitos fotógrafos vão dizer para vocês que sabem filmar e vice-versa, mas não é assim que funciona. Além das técnicas de captação serem totalmente diferentes a edição e o tratamento de fotografias e vídeos são opostos extremos! Por isso tudo, procurem negociar com equipes diferentes, assim terão a garantia de ter, no seu casamento, o melhor dos dois mundos.

 

10. Atenção ao contrato

Assim que encontrarem alguém dentro do orçamento, cujo trabalho os tenha encantado e que sintam empatia, não tenham medo e dar o passo final, afinal os bons fotógrafos tendem a ter a agenda sempre cheia. Antes de assinar as folhas, leiam tudo com muita atenção – levem o contrato para casa e, de preferência, dêem-no a um advogado para dar uma olhada. Ainda que isso não seja obrigatório, é aconselhável que o contrato tenha mencionado pontos fundamentais como: data do casamento, a quantidade de horas que o fotógrafo e seus assistentes irão trabalhar, os custos das horas-extras, o preço, a política de cancelamento do contrato, tipo de fotografias, tipo de álbum, prazo de entrega e quantidade de fotografias. O contrato deverá também mencionar os direitos de utilização das imagens.